sábado, 28 de janeiro de 2017

Tubarão da Barra: títulos 1988-1994

Bom dia, Boa tarde, Boa noite! Meu nome é Carlinhos Alves, direto de Fortaleza chegamos a sua casa, com o FutCearaCast. Um podcast que fala de futebol, de história, de notícias dos clubes, de entrevistas e demais curiosidades do futebol cearense.
Hoje vamos contar a trajetória dos títulos do Ferroviário Atlético Clube de 1988 e 1994.
      
            O Campeonato Cearense de 1988, contou com 10 equipes. A grande surpresa foi o Tiradentes, que ganhou o segundo turno daquela competição, coisa que acontecia desde 1970. O artilheiro do certame foi Cícero Ramalho, do Quixadá com 15 gols. Como o Fortaleza tinha vencido o primeiro turno, o Ferroviário, o terceiro turno. Então houve um triangular final.

            Na primeira partida, o Fortaleza venceu o Tigre da PM, por 2 x 1, depois Ferrim empatou por 1 x 1 com o mesmo Tigre, depois veio o primeiro clássico das cores, deste triangular,  foi 0 x 0. Depois o Ferroviário venceu o Tiradentes por 2 x 1  Logo após o Leão do Pici empatou 2 x 2 com o Tiradentes.
            A grande final de 1988 foi no dia 7 de setembro de 1988, com o público de 33 mil pessoas, o Ferroviário vence o Fortaleza e se sagra campeão pela sétima vez. Todos os jogadores que passaram pelo Tubarão da Barra, foram Robinson, Silmar, Arimatéia, Juarez, Toninho Barrote, Marcelo Veiga, Mazinho Loyola, Alves, Guina, Jacinto, Arnaldo, Walter, Laércio, Djalma, Kléber, Evilásio, Edson, Mardônio, Luizinho das Arábias, Da Silva, Dóia, Denô, Aureliano, Wiltinho, Carlos Roberto, Amilton Rocha, Roberto Carlos, Beto Andrade, Carlos Antônio e Serginho, a equipe foi treinada por José Oliveira, Ramon, César Moraes, José Maria Paiva e Lúcidio Pontes.
         
            Vamos ouvir o Vicente Monteiro diretor de futebol conversa com Sebastião Belmino.
            Em 1994, o Brasil perdia Airton Senna, Tricampeão de Formula 1, em maio, meses depois nos EUA, depois de 24 anos, a seleção brasileira de futebol é campeã mundial em cima da Itália, nos pênaltis e se torna Tetra. No Campeonato Cearense, 11 equipes se dividem na disputa. Batistinha do Ferrão é artilheiro com 20 gols.
            37 jogos, com 21 vitórias, 13 empates e três derrotas, foi a campeão do Ferrão ao titulo de 1994. Na semi-final empatou com o Guarany de Sobral 1 x 1.
            Uma semana antes do jogo final, o Ferroviário ainda venceu o terceiro turno em cima do Ceará, por dois a zero com os gols de Batistinha.
            Vamos aqui a formação base do Ferroviário que depois de empatar de 0 x 0 com o Ceará um time que foi vice-campeão da Copa do Brasil, daquele ano. Eu estava no Estádio Castelão lotado nesse dia. Lembro-me do goleiro Clemer, que depois foi ser campeão mundial com o Inter (RS), Roberval, Nasa, Batista, Santos, Lima, Branco, Ricardo Lima, Acácio, Cícero Ramalho, Basílio, Batistinha, Dênis, Caetano, Careca, Haroldo, Aldo, Paulinho Espanha, Márcio Sales, Edgar, Rodnei, Paulo Adriano, Alex, Eron, Esquerdinha,Cantareli, Edinho, Reginaldo, Toninho, Wanks,  Pepe, Luís Sérgio, Miguel e Jorge Pinheiro. Treinadores: José Dutra, José Maria Paiva, Humberto Maia, Edmundo Silveira, César Moraes.

            O Ceará tinha o goleiro Chico, o lateral Claudemésio, o zagueiro Vitor Hugo, volante Mastrilo, no ataque Sérgio Alves, Mirandinha, Elói.
            
Fechamento de todos os programas:
Narração e edição: Carlinhos Alves, homenagem Alan Neto, Clóvis Dias.
Fonte:


Postar um comentário