segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Segunda um raio de sol sai pela janela

Estamos num novo dia da semana, fim das eleições vamos ter segundo turno em Fortaleza, São Paulo. Parece que você ficou surpreso com o resultado né? Eu não. Vejo que já esperava isso mesmo. E para vereador hein? Sempre uma mudança inesperada no jogo e uma cara nova que vai ficar quatro anos na Câmara dos Vereadores tendo essa vida de expectativas.
Fortaleza é a nossa bela cidade de sol, praia e de trabalho. ônibus lotado cedo para a labuta, engarrafamento. Mas um dia nasce e as pessoas estão na padaria indo comprar o pão carioquinha de sempre. Que delícia, um pão bem quentinho com manteiga derretendo e o café da manhã com leite.
Nem gosto de pensar nos postos de saúde. Já trabalhei quase dez anos da minha vida, nisso e sempre de manhã ao raiar do dia estava o mesmo povo de costume pegando a senha e enfrentando a batalha de conseguir uma ficha médica, para aquele dia, ou mesmo para algum dia da semana.
Quanta coisa estou aprendendo com o MBA de Comunicação e Marketing Digital e sei que em breve vou colocar em prática. A sensação de poder fazer algo importante é sempre bom. Meus sonhos internos do coração ainda pulsão lá dentro. Quer saber quais são? Vou matar sua curiosidade. Até porque eu falando eu acabo me convencendo de que não esqueci deles. Vamos lá.
Escrever um livro. Na verdade escrevi dois. Um romance: Caminhos Marginais e um com reunião de textos do blog e da internet: Linguarudos. È verdade que ele está online no site Clube de Autores e ninguém comprou ainda, mas consegui ter um sonho de escrever um livro. A parte dois é que espero um dia encontrar uma editora e conseguir fazer ele em formato impresso, com lançamento e tudo mais.
Deixa eu ver mais outro desejo interno meu que está a espera de um dia se concretizar mais que não abandonei. Um dia quero trabalhar novamente em rádio e ter um programa que possa falar de coisas que gosto, como política, esporte, etc. Já tive minhas experiencias em podcast, com Soundcloud, que reúne aúdios com momentos de opiniões e reflexões, coisa que acabei não fazendo mais.
O certo mesmo era eu ter uma câmara das melhores possiveis, aquela de 10 mil reais e assim faria vídeos ótimos, entrevistaria pessoas, etc. E uma mesa de som, com um computador novo, com as funções legais para montar uma webrádio, pois nunca desisti de rádio, adoro, ouvir e também participar, mas sei que a chance no mercado ainda é restrita e quero criar meus próprios mecanismos para chegar lá.
Mas como ainda estou distante desses sonhos vou vivendo a realidade e mais tarde na Beira Mar tentar vender passeios aos turistas para poder pagar minhas contas do mês.
Postar um comentário