sexta-feira, 29 de julho de 2016

Novos Negócios no Pecém conta com apoio da AECIPP


Surge uma oportunidade extra-ordinária para o empreendedor que deseja ir mais longe e colocar seu negócio no Complexo Industrial do Pecém. Quem trás essa informação é a Associação das Empresas do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (AECIPP), por meio de sua assessoria de imprensa. São mais de 70 oportunidades de negócios existentes na região.
Mônika Vieira, diretora da Vogal Comunicação ressalta que as vagas são para empresas que apresentem relevante ou estratégica vinculação operacional com a cadeia de suprimentos do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP).
“Podem se instalar diversas empresas de prestação de serviços técnicos e de apoio. De suprimentos e de comercialização de subprodutos das indústrias existentes” destacou.
 São ações de serviço de apoio, como vigilância, bancos, lanchonetes, empresas de informática; bem como serviços técnicos na manutenção de máquinas elétricas, serviços de soldagem, além de subprodutos da geração, entre eles cimento, asfalto, tintas e texturas, com o objetivo de atender 16 empresas associadas à entidade, entre elas estão Cimento Apodi, Companhia Sulamericana de Cerâmica e Phoenix Pecém.
A AECIPP oferece como contrapartida para quem quer empreender, a representação institucional das empresas, a atuação em ações ambientais de interesse dos associados, promoção de treinamentos, além de cursos de capacitação profissional entre outras ações.
O CIPP surgiu em 2014 para viabilizar a operação de atividades portuária e industrial integrados. O complexo trabalha com movimentação de matérias primas, siderúrgicas, fertilizantes, etc. São mais de 13.330 hectares destinados à implantação de indústrias. Atualmente são 18 empresas em operação e 12 em fase de implantação gerando cerca de 12,3 mil empregos diretos na região com R$ 28,5 bilhões de investimentos.
Apesar de toda essa estrutura o complexo ainda necessita de organização e por isso a AECIPP já está articulando com o Detran/CE para trazer ônibus 24h por dia sete dias na semana, no trajeto Caucaia e Porto do Pecém para atender entre outras ações, os alunos que desejam se capacitar no Centro de Treinamento Técnico do Ceará (CTTC) localizado no Porto do Pecém. Que de acordo com o diretor do Senai, André Haroldo, em artigo no site é possível a capacitação profissional e técnica por meio da parceria entre AECIPP, FIEC, Senai e IFTCE.
Com vagas em aberto para trabalhar nas empresas parceiras na siderurgia, termelétricas, empresas de logísticas, entre outros, o AECIPP tem o objetivo de fortalecer e desenvolver a atividade empresarial nessa região, mediante o atendimento das empresas associadas, no auxilio nessa mediação de capacitação de mão de obra.

 Entrevista feita por mim no Jornal de Paraipaba, com Monika Vieira, da Vogal Comunicação:



Postar um comentário