quarta-feira, 11 de maio de 2016

É golpe sim contra a democracia, mas amanhã as pessoas vão continuar a vida normalmente, se o STF não anular

Vou tentar não falar de partido aqui nessa postagem, mas sim de direitos conquistados nesses últimos 13 anos de governos progressistas, foram vitórias no acesso ao ensino superior, através de políticas de cotas, de ampliação do Fies, da criação do Prouni, além de criação de novas unidades particulares e públicas de graduação superior.
     Apesar de falha, a Minha Casa Minha Vida atendeu muitas famílias carentes que ganharam casas, de gente que antes passava fome e passou a ter o mínimo com o Bolsa Família. As conquistas se deram sobre tudo nos anos de ouro do governo do presidente anterior ao atual, que focou no consumo da classe mais simples e deu a ela o acesso aos bens necessários ao seu bem estar social.
     Hoje (11/05) se realiza um golpe a democracia do Brasil, pois a presidenta não cometeu crime de responsabilidade e ser afastada do cargo onde conquistou 54 milhões de votos é uma afronta a todos os brasileiros que lutaram tanto para que as pessoas tivessem direito a votar.

     Como falei acima não quero me ater em nenhum momento aqui em nome de partidos A ou B, ou seja, para o bom ouvinte, meia palavra basta. Só acho que é triste passarmos por isso no atual momento da nossa civilização mundial. Já ouve tantas revoluções de esquerda, de direita, fascista, guerras civis de todo tipo e essa medida que acontece no Brasil é um golpe travestido de legalidade.
     Estamos no espaço de debates e não estou de acordo com o que a Sessão Plenária do Senado Federal que decide hoje esse afastamento.
     As pessoas estão confiantes de que hoje “mudando” o governo a vida de todos vai melhorar. Eu espero que sim, pois mesmo não concordando com esse julgamento que acho eivado de vícios, só posso torcer que tudo melhore para todos e que a economia se destrave. Que empregos voltem a ser conquistados e famílias voltem a ter alegria e comida na mesa.
     Todos estão querendo voltar para suas atividades seja no comércio, na indústria, no setor de serviços. Querem voltar a ir ao cinema, ao teatro, ao show, sem ter que ficar preocupado com a “guerra santa” que a mídia, uma parte da justiça e muitos políticos de oposição fazem no nosso país trazendo o caos.

     Era esse o meu recado desse dia, eu quero voltar as minhas funções mundanas e querer entrar no meu ritmo de trabalho, dos meus escritos e das minhas próprias contradições familiares. A noite tem jogo do Ceará Sporting Club e farei o texto de repercussão e escreverei como eu gosto, jornalisticamente sem expor muito opiniões, mas transmitindo os fatos como eles são sem distorções.  
Postar um comentário