terça-feira, 28 de abril de 2015

Sessão solene destaca centenário de Joaquim de Castro Feitosa

A Assembleia Legislativa realiza, nesta terça-feira (28/04), sessão solene em homenagem ao centenário de nascimento do agrônomo Joaquim de Castro Feitosa. A solenidade atende ao requerimento do deputado Odilon Aguiar (Pros) e acontece às 15h, no Plenário 13 de Maio.
“Muitos homens e mulheres de nosso Estado marcaram nossa história. Esta Casa habitualmente reconhece seus legados em benefício do nosso povo, com homenagens de diversas formas, como esse importante reconhecimento da AL a esse cearense defensor intransigente do meio ambiente”, enfatizou o parlamentar.
Nascido no município de Tauá (CE), em 1915, Joaquim Castro formou-se agrônomo pela Universidade Federal do Ceará (UFC), tendo atuado no cenário das pesquisas ambientais com várias publicações técnico-científicas, como “Fontes Naturais dos Inhamuns”, “Anotações Climáticas de Tauá”, “Observações sobre o Cajueiro”, entre outras.
Fundou e presidiu, por 17 anos, a Sociedade Cearense de Defesa da Cultura e do Meio Ambiente (Socema). No município de Tauá, foi interventor em 1947.
Criou e presidiu, por 12 anos, a Fundação Bernardo Feitosa, mantenedora e guardiã do Museu Regional dos Inhamuns, que detém, sob sua orientação, o Centro Cultural do Inhamuns, com mais de 15.000 títulos.
Recebeu diversas comendas e honrarias, como a Medalha Chico Mendes, o Prêmio Empreendedor do Banco do Nordeste, a Homenagem Especial do Governo do Estado do Piauí, o Destaque Rotary 2001, entre outros.
CE/JU

Texto original Aqui
Postar um comentário