terça-feira, 18 de novembro de 2014

Fortaleza Esporte Clube tem eleições movidas por intrigas e insinuações de manipulação na permanência do tricolor na Serie C no jogo contra o CRB

Fortaleza Esporte Clube tem eleições que mostram a divisão dentro do clube. Por esse motivo a torcida sofre com administrações sofríveis. Nesse vídeo que está disponível no Youtube mostra Daniel Frota repercutindo fala de Jorge Mota no debate entre presidentes do Fortaleza na TV Diário no último domingo (16). Segundo Daniel Frota houve ataques de Jorge Mota a sua pessoa.

Durante o vídeo no Programa a Voz da Fiel, do Emanuel, Jorge Mota insinua que queda do Leão para Série D foi evitada por motivos ocultos que não podem ser colocadas as claras.
           
Jorge Mota esclarece que não está candidato porque quer, mas a pedido de algumas pessoas. O advogado e ex-presidente tricolor coloca durante participação no programa de rádio que não foi atrás de contestar o Pentacampeonato do Ceará Sporting Club porque deve favor a uma pessoa. A pergunta é quem será essa pessoa? E o que isso tem haver com a manipulação de resultados no jogo entre Fortaleza e CRB, que o tricolor do pici escapou de cair para Série D?
            Aspas de Jorge Mota “Se não fosse isso o Fortaleza tinha caído para Serie D, não caiu porque “alguém” nos ajudou e muito e essa pessoa que nos ajudou e muito, não posso pedir mais nem um favor mais do que já foi pedido, foi demais o favor que ele fez”
            O clima ficou quente quando o apresentador do programa queria que Daniel Frota conversasse com Jorge Mota e ele não quis e então Jorge Mota perguntou se o Daniel já tinha tomado o remédio hoje.

            Clima sempre se esquenta quando existem eleições qualquer, pois os interesses por trás são imensos. Vamos esperar o desenrolar dos fatos, mas que essa grave situação que Jorge Mota soltou pode ser um tiro no pé na honestidade tricolor. Arranha a imagem do clube.



No próximo dia 01 de dezembro, quatros chapas disputarão a presidência do Fortaleza Esporte Clube para o mandato de dois anos (2015-2016). Uma chapa de situação com o apoio do atual presidente Osmar Baquit, a chapa Responsabilidade Tricolor (presidente: Adaílton Freire Campelo, 1° Vice: Paulo César Avelino Saraiva, 2° Vice: Francisco Hélio Lima Castelo) e três outras chapas de oposição (chapa Ney Rebouças, presidente Silvio Carlos Vieira Lima, 1° Vice: Alexandre Campelo Borges, 2° Vice: Aldemir Freire Moreira; Chapa Fortaleza de Todos, presidente: Jorge Alberto Carvalho Mota, 1° Vice: Enio Ponte Mourão, 2° Vice: Francisco Sérgio Rangel de Paula Pessoa; chapa Fortaleza Vibrante e Forte, presidente: Estevão Sampaio Romcy, 1° Vice: André Moreira Araújo de Santana, 2° Vice? Júlio César Hipólito Moreira Neto).

Postar um comentário