sexta-feira, 18 de julho de 2014

Mais um dia e muito que acontece basta estar atento e vê

Um dia que parecia bem normal de quinta-feira, mas as noticias vindo da Malásia noticiando a queda do Boeing 777 da Malaysia Airlines com a morte de 298 pessoas pegou o mundo de surpresa.
Malasia

Outra informação preocupante é operação “Limite Protetor” do exercito de Israel na Faixa de Gaza com o objetivo de destruir os túneis na região, após dez dias de bombardeios entre o país e o grupo terrorista Hamas. O governo israelense quer que a paz volte a reinar para os cidadãos.
Saindo da política internacional viemos passear pelo nosso Brasil pós Copa do Mundo e com a volta do sonolento Campeonato Brasileiro e a vitória do Cruzeiro 3 x 1 sobre o Vitoria da Bahia na Arena Mineirão pé frio que foi palco dos 7 x 1 massacrantes da Alemanha sobre o Brasil.
Um olhar mais atencioso para as eleições que se aproximam e já tem a pesquisa do Datafolha com os números que colocam Dilma em primeiro com 36%, seguida de Aécio Neves com 20% e Eduardo Campos 8%.
Em Fortaleza “seção policial” para noticiar a operação da Delegacia de Narcóticos (Denarc), que na última quarta-feira prendeu o sargento afastado da PM, Francisco Marcolino da Silva, que segundo o delegado de policia, Pedro Viana acobertava o tráfico de drogas na sua residência no bairro Mondubim, ao lado dos filhos Francisco Jhonata Alexandre da Silva e Jonas Alexandre da Silva.
Outro caso ligado ao crime foi o assalto a residência de um subcomandante da Base Aérea de Fortaleza, onde dois meliantes por volta de 12h30 desta quinta entraram na casa da vitima e levou dois revolveres.

Nota triste foi à morte do ex-juiz de futebol Armando Marques de 84 anos que na madrugada desta quinta morreu vitima de insuficiência renal. Outro fato triste no esporte é o internamento em uma UTI nesta noite do jogador santista bicampeão mundial Zito vitima de AVC.
Zito GAZETA PRESS


Para encerrar o bate papo e o futebol, a contratação de Gilmar Rinaldi empresário e ex-goleiro para o cargo de coordenador de seleções da CBF. E o deputado federal Romário (PSB-RJ) já criticou o ex-amigo de seleção brasileira por ser empresário e poder usar a confederação para fazer negócios particulares.
Postar um comentário