quinta-feira, 10 de julho de 2014

A importância de um 3° lugar na Copa

Passada a ressaca moral de perder para a Alemanha, o sábado aparece como uma oportunidade de apagar a imagem negativa que pode ficar para essa seleção de Luis Felipe Scolari.
Primeiro de tudo, você vê que o treinador brasileiro escalou o time errado e não ouviu os olheiros: Roque Junior e Galo, que sugeriram um time mais fechado diante da Alemanha, com Paulinho, como volante e o William no lugar Fred.
Agora é sair com dignidade e buscar a vitória sobre a Holanda, como forma de revanche, pois eles nos venceram por 2 x 1 há quatro anos atrás na África do Sul.

Sneihder era o nome do nosso carrasco. Ele estará em campo, junto com Roben, Van Persie e mais outros laranjas contra a nossa amarela seleção.
Neymar admite a dor, mas pede que equipe não abaixe a cabeça (Foto: Mowa Press)

O que fazer para vencer? Primeiro mudar o padrão de jogar e fazer a equipe voltar a marcação das partidas das oitavas contra o Chile e quartas contra a Colômbia.
Depois se deve mudar as peças e tirar aqueles que não renderam o esperado. Hulk apesar do mau desempenho deve permanecer, porque ele segura a bola e a defesa alemã.
A volta de Thiago Silva reforça o miolo de zaga e dá mais confiança a defesa. No sistema de marcação do time com três volantes: Fernandinho, Paulinho e Luis Gustavo; no meio Oscar, no ataque William.
Não há receita para uma vitória, mas é nos momentos difíceis que podemos mostrar a força. Muitos estão apedrejando, mas jogadores que estarão nesse sábado contra a Holanda poderão quatro anos mais tarde vencer a Copa na Rússia e outros farão sua despedida em Brasília. Por isso a vontade de vencer.
Do lado holandês não há formula, mas apenas uma seleção competente que saiu nos pênaltis para a Argentina, porém tem muito potencial e poderia inclusive ter sido campeão.


O público que vai assistir ao jogo no Estádio Mané Garrincha deve ser o mesmo de sempre, com casa cheia. Grande parte dos brasileiros espalhados na Fan Fest e nos restaurantes ou em casa poderá diminuir, mas quando sair um gol, a alegria volta e tudo muda. Vamos aguardar.
Postar um comentário