quarta-feira, 18 de junho de 2014

Surpresas são normais quando a Copa conta com jogadores de alto nivel



Futebol nunca segue uma lógica como determina os Deuses do esporte. Por isso hoje em Porto Alegre, o jogo entre Austrália e Holanda resultou numa partida no mínimo surpreendente. Primeiro se rebobinarmos a fita da primeira rodada do Grupo B veremos que a lógica foi o que menos ocorreu.
A laranja mecânica, com Robben e Van Persie humilhou a cansada geração campeã da Espanha de Iker Casillas e do zagueiro Piqué que perdeu a posição depois dos 5 x 1. O Chile venceu a Austrália por 3 x 1 e confirmou que veio a competição para jogar sério e brigar por vaga. 
Memphis Depay e Van Persie celebram um dos gols da Holanda (Foto: Reuters)

Assim na tarde de hoje se esperava vitória fácil da Holanda, mas o treinador Louis Van Gall ficou preocupado depois de ver o seu grupo tomar a virada, quando a vitória era certa, com o gol de Robben, aos 19 minutos do primeiro tempo, mas pouco mais de um minuto depois, Cahill empatou com um golaço.
Ai aos 8 minutos Jedinak de pênalti faz o segundo dos australianos. Mas quem tem Van Persie deve ter tranquilidade e esperar que ele faz o gol de empate  e Depay aos 23 minutos decreta a vitória holandesa. Mas mostrou que mesmo com a derrota a garra da seleção australiana é de uma equipe competitiva.
E também que tudo pode acontecer nessa Copa do Mundo Fifa aqui no Brasil. Só olharmos para a partida que ocorreu na Arena Castelão entre Uruguai x Costa Rica, onde a Celeste Olímpica foi superada por 3 x 1 para a boa atuação de Campbell maestro Costa-riquenho em terras alencarinas.
Thomas Müller marcou o primeiro hat-trick da Copa do Mundo (Foto: Agência Reuters)

Já não se pode falar de surpresa a vitória fácil da Alemanha do craque Thomas Muller por 4 x 0 sobre Portugal, seleção de um único jogador o esforçado Cristiano Ronaldo.
O alto nível dos jogadores das seleções com maioria com atuações em clubes europeus, faz com que o futebol se nivele entre todas as equipes, daí um empate entre Irã x Nigéria por 0 x 0, o jogo mais fraco até agora.
Postar um comentário