quinta-feira, 13 de março de 2014

Joaquim Barbosa falta sessão que absolve João Paulo Cunha de condenação por lavagem dinheiro

O Supremo Tribunal Federal (STF) acolheu na tarde de hoje (13), os embargos infringentes do ex-deputado federal João Paulo Cunha (PT-SP), absolvido por 6 votos a 4. Com isso o petista ficará no regime semiaberto, pena que já cumpre na Papuda no Distrito Federal.
Joaquim Barbosa e João Paulo Cunha

O derrotado do dia mais uma vez foi o ministro do STF Joaquim Barbosa que esteve ausente já temendo mais uma derrota, já que ele mostrou real interesse na condenação dos acusados.
Postar um comentário