sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Defesa de Genoino acredita que a historia fará justiça na AP 470

Em momento de defesa do petista José Genoíno na tarde de ontem (20/02) no Supremo Tribunal Federal (STF), o advogado Luis Fernando Pacheco, defendeu seu réu na apreciação dos embargos infringentes da AP 470, ressaltando a criação do PT e a chegada do partido ao poder.
Segundo o advogado, o tempo vai mostrar a verdade de que não houve crime de corrupção ativa e que ministros que antes votaram pela condenação do ex-deputado, poderão votar pela absolvição, porque o tempo futuro, 10, 20, 30, 100 anos depois não haverá o calor das paixões e sim uma revisão que admitirá a condenação injusta.
Postar um comentário