domingo, 5 de janeiro de 2014

Semana meio 2013-meio 2014

A semana começa, com a virada do ano de 2013 para 2014 e com noticias impactantes em todos os níveis como sempre.

Tragédia de Campeão

 A principal para mim, foi o acidente que aconteceu no último dia 29 de dezembro com o heptacampeão de Formula 1, o alemão Michael Schumacher em Meribel na França, nas pistas congeladas, onde o ex piloto esquiava.

Como piloto, apesar de bater todos os recordes, teve seu contraditório, com momentos de pura malandragem, ajudado pelo jogo de equipe, para ganhar grandes prêmios, quando já não necessitava de mais vitórias para ser campeão, como no caso do Grande Prêmio dos EUA, quando o piloto foi beneficiado com a troca de posições, onde ele estava em segundo e Rubens Barrichello em primeiro.
Independente de fatos como esse, não podemos deixar de exaltar os seus grandes feitos e sua imagem como desportista e ser humano. Só resta torcer para a recuperação dele, que ontem (03/01) completou 45 anos.

O Estourar do Champanhe

Tentando ainda volta ao ritmo normal da vida, ficamos com essas imagens do réveillon pelo Brasil, a mesma celebração da passagem, que sempre se comemora com grandes shows como da Avenida Paulista em São Paulo e de Copacabana no Rio de Janeiro.

 Além do já consolidado Réveillon do Aterro de Iracema criado pela então prefeita de Fortaleza Luizianne Lins (PT), que esse ano contou com Paula Fernandes, Garota Safada, Gustavo Lima e Paralamas do Sucesso.

O Superavit Positivo e as dúvidas da mídia

A semana termina e a noticia comemorada pelo governo brasileiro e anunciada pelo Ministro da Fazenda Guido Mantega de que o Brasil teve um superavit primário de 75 bilhões em 2013.

Para a Mirian Leitão, conhecida em ver sempre "chifre em cabeça de boi" na economia brasileira, o resultado foi conquistado por uma manobra fiscal.  A verdade é que o saldo positivo acalmou os "nervosinhos", como disse o próprio ministro. " A arrecadação de dezembro foi recorde, em torno de R$ 116 bilhões", comentou.
A verdade é que o discurso de quem foi contra os dados positivos do Governo Federal é o que a presidente Dilma, já alertava no seu discurso oficial de fim de ano, de que a "guerra psicológica" atrapalha novos investidores.

Será que Pula?

E a noticia que me chamou atenção também, foi a dos PM´s na Torre da TV Assembleia em protesto para que sejam nomeados em Concurso Público, são mais de 630 policias que estavam entre os classificáveis do concurso de 2008 e não tinham sido aprovados em testes  mínimos, como nota da prova objetiva, exames físicos e psicológicos e investigação social. 

Acho justo reclamarem seus direitos, quando existem esses direitos reais, mas se não estavam dentro do que diz o edital, não podemos exigir que o Governo cumpra algo que é ilegal. Mas claro, que apesar de tudo cabe uma conversa para evitar a tragédia.




Postar um comentário