segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Luis Carlos Bresser-pereira um primor de analise

Não é todo mundo que tem coragem de assumir uma voz tão lúcida e dissonante da maioria das pessoas, como fez o colunista Bresser, que é professor emerito da Fundação Getulio Vargas. Analisar desapaixonadamente a realidade politica do Brasil, como fez recentemente o jurista Ives Granda, ao dizer que não existem provas contra José Dirceu, foi outro exemplo.

O colunista da Folha de São Paulo, deixou bem claro, ao chamar no titulo do seu artigo: O Ataque Moralista da Mídia, ao qual classificou a direita brasileira em uma "uma voz vazia, liberal e moralista. Liberal porque pretende que a solução dos problemas é liberalizar os mercados ainda mais, não obstante os maus resultados que geraram. Moralista porque adotou um discurso de condenação moral de todos os políticos, tratando-os de forma desrespeitosa, ao mesmo tempo que continuava a apoiar em voz baixa os partidos de direita." reiterou.
 Bresser viu na atitude da direita após a decisão do STF de dar um novo julgamento há 12 condenados do mensalão, que ela era a "que limitou-se a gritar que o Brasil era o reino da impunidade, em vez de perceber que o castigo que Genoino já teve foi provavelmente maior do que sua culpa". Segundo o próprio colunista, o José Genoino (PT), está sendo condenado apenas por ser na época presidente da Partido dos Trabalhadores.

Para entender melhor veja aqui o artigo na integra|:

Postar um comentário