quinta-feira, 5 de setembro de 2013

José Dirceu:o sacrifício de um para a ascensão de todos

Nesta tarde de quinta-feira (05/09), o STF finaliza a fase de embargos declaratórios para rever possíveis erros na Penal AP 470, com a possibilidade real de diminuição de penas dos réus do Mensalão. Não se sabe ainda se isso livrará José Dirceu da cadeia.

            Jovem idealista em pleno período da ditadura militar, Dirceu, foi estudante de direito da PUC, onde foi vice-presidente do Diretório Central dos Estudantes (DCE), foi do Partido Comunista Brasileiro. Foi exilado em 1969, depois de ser trocado pelo embaixador americano, Charles Burke Elbrick, que fora sequestrado pelo MR-8 e ALN.
José Dirceu na juventude

Depois de várias vindas ao Brasil, na clandestinidade, com nomes falsos e após fazer uma cirurgia plástica para mudar rosto, José Dirceu, voltou ao Brasil e ajudou a fundar o Partido dos Trabalhadores (PT). Na vida pública foi deputado estadual e federal por São Paulo, quando ajudou na instalação da CPI pelo Impeachment de Collor em 1992. 
            Ai começa seu primeiro erro político, quando entrou em embate com Roberto Jefferson, quando da CPI do orçamento, onde Jefferson fora citado como um dos 14 parlamentares que recebeu propina. Anos depois, Jefferson seria o delator do Mensalão, dizem que por causa de um cargo público que o petista teria negado a ele.
            Com o tempo Lula ganhou as eleições presidenciais e as lutas de anos por melhores condições dos trabalhadores enfim chegou ao poder. O preconceito foi superado por uma mudança de postura de Lula, mas um sacrifício pelo Brasil melhor foi necessário.
            Se houve realmente Mensalão só o tempo dirá, hoje sabemos que não a provas e o julgamento no momento é tido como de exceção e pelo domínio do fato, onde o réu tem de provar sua inocência. O certo é que como Jesus segundo os cristãos foi sacrificado para dar a vida em "salvação da humanidade", José Dirceu, foi o sacrifício do governo do PT para que muitos hoje tenham acesso a alimentação por meio do Bolsa Família, tenham acesso ao ensino superior com o Prouni e as cotas para jovens negros e pobres.
            Não podemos esquecer-nos da ascensão de mais de 32 milhões de pessoas da linha da pobreza até a classe C. Mais a vida é dura para alguns. Nem todos conseguiram  ver a liberdade, mas muitos morreram por ela. Posso dizer aqui no meu blog com tranquilidade, que me orgulhe de ter votado sempre no PT a minha vida toda e de saber que apesar de erros, o Brasil está no caminho certo.

            A verdade é que a elite nunca aceitou de que quem mudou o país veio lá do meio do povo. E os intelectuais e artista que decidiram apoiar a esquerda foram massacrados pela mídia nojenta do Brasil.


Leia Mais
Postar um comentário