quarta-feira, 19 de junho de 2013

Hino cantado pelos cearenses na Arena Castelão, de frente em respeito a nossa patria

Sai de casa com o coração contrito, será que serei um dos únicos torcedores na Arena Castelão que irá assistir ao jogo ao vivo? Quando cheguei à parada do ônibus na Avenida Gomes de Matos de cara encontrei os jovens de branco e pensei lá vem eles estragar minha festa. Respeito à manifestação, porém tenho direito de ver meu jogo.
            Quando cheguei ao terminal da Parangaba e vi aquela multidão de cartaz na mão, pensei, "meu deus não vai ter jogo vou chorar, amo futebol, desde criança”. E, aliás, desde que me entendo por gente faço manifestos pela melhoria da minha cidade, do meu estado e meu país.
            Almocei e segui para Arena em um ônibus gratuito fornecido pela Prefeitura Municipal de Fortaleza. Conheci a Andréa Iguatuense e por coincidência professora de educação física do meu sobrinho Gilcilano. Ficamos em um barzinho próximo ao estádio, tomando nossa cervejinha de 4,00 reais porque dentro da Arena Castelão era 12,00 reais a latinha, meu deus que caro. Vou ser sincero esse evento era para elite mesmo. Eu sou só um desempregado, bolsista do Prouni ali torcendo.

            Afinal descemos para a Arena andando mais uns 10 minutos. Lá tinha alguns brindes, brincadeiras. Despedi-me da minha amiga e fiquei ali fazendo novas amizades e as pessoas iam chegando ao estádio e eu fui vendo que as manifestações que eu ouvia pelo rádio nas proximidades eram legitimas lindas, mas a eficiência da guarda nacional ajudou a "manter a ordem".
Veja o hino lindo sendo cantado por cearenses, mexicanos, turistas estrangeiros, etc:

Postar um comentário