sábado, 13 de abril de 2013

Time de Futsal do Fanoleiros perde duas neste sábado e se complica no Campeonato da Fanor de Futsal 2013.1

Passando por uma triste sina, que não lhe permite vencer, o Fanoleiros, time formado por jogadores do curso de engenharia, arquitetura, publicidade e jornalismo da Fanor, não conseguiu vencer suas próprias deficiências.
Na primeira partida o time entrou em quadra com Luan, Cezar, Thavlyton, Rui e Edmir. Foi um inicio bem insinuante para a equipe, que enfrentava o Lui, pelo grupo D do torneio.
Time do primeiro jogo: Paulo, Thavlyton, Luan, Carlos Emanuel, Cezar, Edmílson e Rui

Foram muitos gols, perdidos pelo Fanoleiros, mas com a articulação do treinador e jogador Carlos Emanuel (eu), a equipe foi para cima e conseguiu em uma triangulação entre Thavlyton, Paulo e rui que finalizou, fazer o primeiro gol. O time começou um rodizio de jogadores cansados e isso foi atrapalhada para ter-se um conjunto melhor da formação inicial.
Numa jogada rápida os jogadores do Lui, aproveitaram a desatenção de Carlos Emanuel e Paulo e fizeram o gol de empate. Assim acabou o primeiro tempo.
Na virada para o segundo tempo, os Fanoleiros não conseguiam mais se posicionar corretamente e acabaram levando mais três gols em falha da marcação.
O que mais pegou foi a questão física  pois os jogadores tiveram uma noite agitada e o corpo não aguentou tal estripulias. Apesar desa derrota, viu-se a vontade de vencer da equipe.
Depois de uma pausa para o almoço, veio a derrota para o Arte Cubano, nem me fale o placa, com mais jogadores incluídos na equipe, os Fanoleiros, voltaram com tudo e a equipe que saiu a quadra, foi Luan, Cezar, Thavlyton, Rui e Paulo. Eu como treinador, queria botar de cara o Paulo Évora  deixando o Paulo no banco, pois ele prende muito a bola e não toca para os companheiros.
Mas até que o começo a turma tocou bem a bola e só não conseguia se movimentar bastante para trabalhar as jogadas e definir ao gol e pecou mais uma vez na perda de gols com Thavlyton, Évora e Paulo, perderam uma enxurrada de gols, logo veio o pior, levamos dois gols no primeiro tempo e assim, houve um certo desanimo.
Na segunda etapa, comecei o time, com dois caras na defesa, o Rai e o Cezar, ficamos cinco minutos bem fechados e o Rui e o Nuno na frente, ficamos bem em cima da equipe adversária, ai íamos fazendo o gol, quando o jogador da linha  deles, colocou a mão na bola e foi marcado penalte, porém o juiz não expulsou esse cara. Na cobrança Rui perdeu. 
Time segundo jogo: Em Pé: Carlos emanuel, Rui, Luan, Paulo, Raul, agachados: Thavlyton e Paulo Évora
 Enquanto isso no banco, Paulo ficava me enchendo o saco para entrar. Mas eu sabia se colocasse ele naquele momento poderíamos levar mais gols. Coloquei primeiro o Thavlyton que tava no banco e depois o Paulo Évora.
Depois o Rui cansado pediu para sair e Paulo entrou, levamos alguns gols. Continuamos perdendo outros e na hora que eu entrei como no primeiro jogo, fiquei debaixo da trave esperando a bola chegar e nada dos caras passarem para mim.
Uma vez foi o Nuno em vez de me dar chutou em cima de um cara, o outro foi Thavlyton que também preferiu chutar a tocar para mim sozinho.
No final levamos de 7 x 0. Mas independente dos erros da equipe, o time se esforçou ao máximo. Assim os Fanoleiros completaram oito partidas sem vencer desde a sua fundação, um empate e 7 derrotas.

Agora para a equipe se classificar só vencer de goleada o time do Canela, torcendo que o Lui vença de goleada o time do Arte Cubana
Postar um comentário