domingo, 28 de abril de 2013

Lula no New York Times, lá fora ídolo aqui massacrado pelo PIG

Ver o Lula ontem na abertura do Maracanã ao lado da Dilma foi algo emocionante para mim. Uma festa bonita, mas percebi o ex-presidente acuado num canto, sem fazer muitos gestos. Eu até entendo o motivo dessa atitude do Presidente.

            Ele mudou a cara do Brasil, sendo referência mundial no combate a fome e em minha opinião já deveria ter ganhado o prêmio Nobel da paz, coisa Obama, ganhou sem ter feito nada. Mas Lula é atacado na mídia brasileira e fica difícil para ele aqui. 

As pessoas reconhecem o trabalho do PT e por isso votaram nele duas vezes e em Dilma apesar dos massacres que ela sofreu durante as eleições em 2010 durante a campanha presidencial.

            Em quanto aqui a imprensa é coligada com os grupos mais ricos de empresários, lá fora a mídia reconhece o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Assim ele ganhou uma coluna mensal no jornal americano, para ódio da Revista Época, Veja, jornais Estadão, Folha de São Paulo e TV Globo.
Postar um comentário