segunda-feira, 4 de março de 2013

se ela não for minha, não vai ser de mais ninguém”

Foi com essa frase que a Maria Irismar de Freitas Vieira, 45 anos, disse em depoimento no 12° distrito policial, segundo consta no blog Camocim Policia 24 horas. Ela teria iniciado uma discussão por volta do meio dia do sábado (02) com sua companheira Maria de Fátima Ferreira dos Santos (59).

Quando quinze horas, Maria Irismar arrastou a vitima sem vida para fora da residência. Ela golpeou Maria de Fátima, com duas facadas no pescoço. O fato aconteceu no Bairro Granja Portugal em Fortaleza.
Postar um comentário