quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Ex-prefeito de São Luis João Castelo (PSDB) é investigado

Segundo o Site G1 o Ministério Público do Maranhão investiga irregularidades na dispensa de licitação em obra de R$ 115 milhões da Prefeitura de São Luis do Maranhão. Foram determinados a quebra de sigilo bancário e fiscal de João Castelo e os sócios da empresa Pavetec, Gustavo José Melo Fonseca e Daniel França dos Santos, pela juíza da 1ª Vara de Fazenda Pública, Luzia Nepomucena.
João Castelo (PSDB)

O Minstério Público diz que a Prefeitura contratou a empresa sem licitação e ainda havia fraudados documentos que justificava a dispensa de licitação.
Mais um caso grave de corrupção no Brasil, tomara que não fique somente nas investigações, porém aconteça punição.
Postar um comentário