quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Cultura DF exemplo a ser seguido

O governador do Distrito Federal Agnelo Queiroz (PT) deu um exemplo de como poupar dinheiro dos cofres públicos, ao sancionar a lei de incentivo a cultura ontem (22). A lei prever abatimento para as empresas que financiarem  eventos culturais. Serão descontos no ICMS ( Imposto Sobre Circulção de Mercadorias) e Imposto sobre Serviços (ISS). O percentual do incentivo chega a 80% do projeto.
Marta Sulpicy e Agnelo Queiroz

Para os governadores de outros estados e também prefeitos devem observar essa ação vindo lá da capital federal.  Aqui em Fortaleza recentemente tivemos exemplos de parcerias públicos privadas como o Reveillon feito pelo Governador do Ceará Cid Gomes (PSB). Ele fez uma série de parcerias.
Além dos cerca de R$ 2 milhões em cachês, a planilha de gastos do Governo ainda incluiu R$ 1,5 milhão em infraestrutura e R$ 500 mil, que foi patrocinado por empresas privadas. Na realidade foi um valor pequeno se comparado ao custo total, mas já ajudou a diminuir gastos excessivos. As empresas que ajudarm foram Oi, Coca-Cola e Banco do Nordeste.
No Pré Carnaval de Fortaleza não foi diferente. Como não havia tempo hábil para lançar um edital que conteplasse todos os blocos, foi necessário fazer as parcerias com empresas privadas. Assim 50 blocos tiveram apoio oficial, os outros saem por conta própria.
Postar um comentário