domingo, 30 de setembro de 2012

Hebe va em paz

Nossa loira partiu e o Brasil ficou menos feliz. Como se esquecer as noites de segunda feira ao lado da minha Avo Raimundinha la na rua Tereza Cristina 1487. Tinha pouco mais de 11 anos quando vim morar em Fortaleza e deixei minha mãe la em Iguatu, uma época em que não tínhamos a internet como conhecemos hoje, antes o celular ainda estava nos seus primórdios e a comunicação era lenta, por isso mesmo, nossos olhares estavam todos voltados para a tela da TV.

Ouvir aquela gargalhada da Hebe, o seu selinho aos artistas que iam ao seu programa era bom demais. Não tinhamos muita opção ‘e bem verdade, aquilo era algo como obrigatório e eu ficava ali vendo e aprendendo como uma mulher conseguia ser tão competente ao entrevistar convidados.
Hebe ensinou uma geração que vinha pela frente: Ana Maria Braga, Xuxa, Fátima Bernades, Ana Hickman, etc. Escrevo essas pequenas linhas para homenagear essa mulher de grande talento.
Postar um comentário