sexta-feira, 4 de maio de 2012

Querer mudar

Está num trabalho a muito tempo nem sempre é vantagem para alguém. Primeiro de tudo se você permanece nesse emprego e não tem uma melhora profissional sempre na permanência no mesmo cargo e com um salário igual, você acaba se tornando aquele cara amargurado, com uma visão de mundo nublada. Aquilo que parecia uma experiência única na carreira passa a ser um fardo que você passa a carregar nos ombros. Ai vem algum questionamento. Será que tenho algum valor no mercado de trabalho? Sei fazer outra coisa além dessa atividade que faço há tanto tempo?


            O medo de arriscar fica maior e você tem medo de ser mais um na fila do SINE-CE. Você pensa: “lutei tanto para ter esse emprego, me lembro quando era desempregado e as pessoas não me davam valor, como era dificil ir para casa da namorada, tinha que pedir emprestado para um amigo”. Você se esquece que quantas coisas de boa você fez quando estava desempregado, riscos que correu, trabalhos que conseguiu fazer e como tinha a coragem para ousar.


Num mundo de crise como o de hoje, estar em um emprego seja qual for já é uma vantagem realmente, porém isso não justifica você parar no tempo e deixar de sonhar como nos tempos das aventuras juvenis, onde o mundo não era limite para os seus desejos. A pior coisa numa empresa é você ser o cara lembrado para todas as funções, sinal de que você é eficiente. Errado, sinal de que se acostumou com o funcionário Bombril e por isso evitam contratar novas pessoas para empresa e você acaba assumindo funções maiores do que você realmente pode cumprir e com um salário bem menor do que deveriam pagar. Você ver novas pessoas chegando à empresa e ganhando mais do que você para fazer menos do que tu faz.

            Não devemos achar que ser camaleão e mudar de empresa toda hora será a solução para buscá-la uma vida mais descolada em busca de um crescimento na profissão. Tem gente que fica muito tempo em uma empresa e é feliz, pois consegue se expandir como profissional.


Postar um comentário