quinta-feira, 26 de abril de 2012

Era Digital- Não ficamos mais sozinhos


Tem dia que amanhece e não temos nada o que dizer, a mente está como nublada sem idéias, você simplesmente se levanta e cumpri as tarefas mecanicamente. Tomar banho, merendar, escovar os dentes, vestir a roupa, caminhar até o trabalho, trabalhar, etc. Hoje estou meio assim um dia em que não espero muitas surpresas. Para mim surpreendente já é acordar todos os dias e estão bem para fazer todas essas atividades. Não são somente as mulheres que tem TPM, tem dia que eu acordo alegre, outros tristes e outros ainda como hoje, sem nada de especial na mente.
            

Essa fragmentação do mundo como conhecemos está fazendo muitas pessoas perderem o chão. Se antes a escrita baseada no código linguistico do alfabeto nos dava certa segurança em termos de formação humana, no sentido de uma linha reta, hoje com a pulverização das formulas pré-estabelecidas estamos caminhando pelos preceitos da era elétrica e digital, onde tudo se converge e se interage com tudo.
            Ai vem às pessoas que dizem que a internet aproxima quem está longe e afasta quem está perto. Isso é verdade e também que ela não nos permite mais "curtirmos" a nossa solidão, pois a reflexão deixa de existir e tudo vira automático. Quando você pensa em algo, já vem às pessoas com as mesmas idéias e você se sentiu bem quando, por exemplo, você posta no twitter ou no Face que terminou um relacionamento e vem as pessoas solidariamente lhe ajudando, você já evita ai, ter que beber em um bar para esquecer as mágoas, pois você já vai liberando aquelas energias de dor e sofrimento naquela interação com a rede.
            Ontem está conversando com um amigo e ele disse que gostava mesmo quando tinha de escrever num papel de próprio punho do que digitar. Vi naquilo uma espécie de saudosismo com uma época em que está ficando quase em extinção. Ainda existem profissões que se utilizam da escrita como a de médico que tem que escrever a maioria das receitas manualmente. Mas mesmo essa profissão já se utiliza dos recursos do computador para fazer receitas digitalizadas. Podemos também ver a questão dos estudantes que levavam na sua mochila pesada o material escolar, prejudicando sua coluna. Agora a grande maioria das escolas particulares está aderindo o tablet e os alunos já podem se utilizar da leitura dos livros digitalizados.
            

A internet para mim é uma ferramenta de compartilhar e receber idéias e informações. Faz dez anos que criei meu primeiro blog no site da Globo, quando era de graça ainda ter um blog por lá. Depois que começou a cobrar um valor mensal, migrei para o Terra que também me excluiu com o tempo, nem sei por que motivo. Depois entrei no blog uol, mas não gostei do formato e sai. Finalmente criei o blog do Blogger que venho postando desde 2007. E tenho também o blog do Wordpress. Outro blog que participo é o blog coletivo Só um Tantin. Vejo aqui essa grande possibilidade de você falar o que pensa e poder receber informações de pessoas independentes da grande mídia controlada pelas grandes corporações.

            Olha para quem não tinha nada na mente até que comecei há pensar um pouco e vi que tem coisa boa mesmo para discutir. Sem que o processo seja irreversível mesmo, mas ainda sinto saudade das cartas que trocava com meus familiares e amigos. Demorava às vezes dias para chegar, mas quando chegava era uma felicidade só de saber as noticias que por lá rolavam. Tempo também que estava ainda surgindo o celular. Tínhamos apenas o telefone fixo e para achar alguém era difícil. Sentíamos que o mundo era gigante. Hoje tudo parece bem pertinho.
Postar um comentário