segunda-feira, 1 de março de 2010

1° dia de aula

Havia me comprometido de postar sobre minha experiência no nível superior, todas as sextas-feiras, durante algum tempo, o suficiente para que vocês possam saber o que sinto estudando novamente depois de tanto tempo.
            Só que com um ocorrido hoje, tive que vim aqui relatar para vocês como aconteceu nesse 1º dia. Estava bem empolgado quando desci do ônibus, porém quando estava na entrada da faculdade, recebi um panfleto, que reivindicava melhorias nas condições estruturais do prédio onde eram abrigados vários cursos superiores.
            O panfleto pedia sala com ar-condicionado, uma secretaria para que os alunos pudessem ser bem atendidos, etc. Quando me aproximei do portão para entrar, quase fui impedido por manifestantes que queriam que todos juntos ficassem pressionando, nessa manifestação com apitos, que logo se estendeu as buzinas.
            Fiquei em uma encruzilhada, pensei em ficar e ajudar nas manifestações, porém foi tão difícil para eu estar ali, que fiquei preocupado em vê a possibilidade de perder aula. Mas acabei subindo para entregar uns documentos restantes que faltavam para minha matricula. Depois fui encaminhado a minha sala.
            Era a sala do 2ª andar, do 1º semestre e as únicas com ar-condicionado. As pessoas estavam comentando que os professores falavam para os alunos o seguinte:
- “Aproveitem aqui é o paraíso, no 2º semestre em diante é o inferno”. Se referindo aos outros andares, onde só tinham salas quentes e com ventilador.
            Fiquei da sala olhando através da janela, o movimento lá em baixo e me lembrei da época que estudava em escola pública o meu ensino médio. Como eu sofri com greves, salas mal estruturadas, etc. E agora estamos em uma universidade particular e parece que sou perseguido por coisas assim.
            Perguntei-me também, como pode uma universidade particular, com uma má estrutura assim? Fiquei com muita vontade de participar ativamente de todas as manifestações, por também ser uma pessoa de movimentos sociais e de consciência política que considero bem adiantada.
            No fim quando o professor chegou se viu impossibilitado de dar aula e liberou todos nós. Consegui tirar umas cópias de material e me informei com os colegas sobre trabalho, prova etc. Amanhã espero realmente vê algum conteúdo de verdade.
Postar um comentário