sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Se meu fusca falasse







Desde pequeno ouço falar de fusca, a ponto de assistir o filme a seu respeito, aquele carrinho branco, número 53(Herbie). Quando era pequeno meu pai tinha um fusquinha, que até apelidamos de baratinha, por acharmos pequeno, mas charmoso.
            Sempre fiquei com aquilo fixo na cabeça e há pouco mais de um mês, realizei meu sonho e junto com minha esposa, fomos comprar um fusca. Porém por causa da pressa, não tivemos o cuidado de levar o mecânico pra ver direito se tudo funcionava.


Fomos enganados e o sonho se tornou pesadelo, o carro apresentava vários defeitos, quisemos devolver, mas o cara não aceitou e coloquei na justiça. Como não tinha onde guardar, deixei na casa de um amigo, lá passando 2 meses.


            Esses dias eu resolvi tirar a causa da justiça, consertar o carro e ligar para o proprietário e transferir para meu nome. Pois nesse período me apaixonei pelo carro. Sei que sonhos são possíveis e esse se concretizou.


Postar um comentário